Crime de responsabilidade do presidente Lula

Lula resgou a Constituição Federal ao fazer campanha político-partidária, tentando empurrar sua candidata assassina, sequestradora, assaltante de bancos e quartéis goela-a-baixo na população brasileira.

A Constituição da República Federativa do Brasil reza em seu TítuloVII, artigo 37, o seguinte:

. . .

“Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:”

. . .

do qual entende-se que impessoalidade é a obrigação do governante e do servidor público de abster-se de qualquer tipo de opinião ou atitude que interfira em qualquer processo de livre escolha ou iniciativa popular e, com isso, Lula comete crime de responsabilidade ao fazer campanha descara para sua ex-ministra criminosa. Quem duvidar, que veja na imagem abaixo:

[singlepic id=74 w=320 h=240 float=center]

Clique para ampliar

A imagem fala por si. É uma cola eleitoral trazendo uma imagem do presidente Lula indicando o voto nos candidatos listados nela, dos quais, apenas um era digno de voto – o Sen. Osmar Dias, se não fosse coligado ao corrupto e incompetente PT. Os demais não valem nada. Nunca fizeram nada pelo Brasil e por sua população, sendo apenas parasitas que vivem dos poupudos e injustos salários pagos pelo legislativo e também das propinas obtidas com atos ilícitos.

Se o Brasil, seus políticos e seu povo fossem sérios, já teriam cassado e encarcerado essa besta e expurgado o PT da vida pública para sempre.

Pense bem, eleitor: é esse o Brasil que você quer?

[Voltar]