Petrônio era brasileiro?

O escritor do livro Satirycon, que retratava a degradação dos costumes em Roma antiga, logo reencarnará em algum corpo tupiniquim e escreverá a segunda parte de seu livro com direito a muito mais nojeiras, pornografias, abusos e etc, que as presenciadas e reportadas por ele aos tempos dos césares.

 

Quem tiver curiosidade e estômago, assista o filme Satirycon, de Federico Fellini aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s