A traição de Bolsonaro

Com esta pretensão de recriar o ministério da segurança pública parece que a intenção é claramente fatiar o Ministério da Justiça e enfraquecer o ministro Sérgio Moro, fica escancarada a aparente traição de Bolsonaro e que ele está do lado dos corruptos que roubam o contribuinte e condenam o Brasil a ser uma eterna republiqueta bananeira corrupta.

Fica claro, agora, que parece ter Bolsonaro tirado o Prof. Dr. Sergio Moro da magistratura com o firme propósito de acabar com a operação lava jato. Se Moro ainda fosse juiz da 13ª Vara Federal, provavelmente o filhote corrupto de Bolsonaro já estaria, no mínimo, respondendo processo por corrupção e improbidade, se já não estivesse atrás das grades.

Está tão claro como a luz do dia que Bolsonaro é, no mínimo, capacho do incompetentíssimo e escrementíssimo ministro Dias Tóffoli, tão incompetente e despreparado que foi reprovado duas vezes em concurso para juiz estadual, mas graças a sua despudorada lambeção do rabo do molusco psicopata corrupto Lula, chegou ao STF, aumentado o número de asnos naquela estrebaria jurídica. Bolsonaro faz tudo o que este nojento e odiado ministro de araque manda.

Sob o pretexto do respeito às instituições, Bolsonaro está fazendo tudo o que Tóffoli e os corruptos do congresso lhe ordenam, exatamente o contrário daquilo que o povo que o elegeu espera dele.

Como dizem seus conterrâneos, Bolsonaro, “fique frio”. Nas próximas eleições chutaremos teu traseiro e os de seus filhos metidos a estadistas, mas que não passam de amebas tensas.

[Voltar]

Hits: 219