Existe uma maneira de invadir as urnas eletrônicas durante o pleito

Alguém se lembra ou já ouviu falar de Broadband Power Line, ou BPL, chamada aqui no Brasil de internet via rede elétrica?

A tecnologia BPL começou a ser desenvolvida no começo dos anos 2000 e prometia uma revolução na internet, acabando com o cabeamento de rede e fornecendo acesso à internet pela rede elétrica, mas ficou pelo caminho, restrita a nichos específicos devido a dificuldades técnicas e econômicas, mas que pode ser usado por alguma nação, partido político, corte judiciária que deseje dar um golpe de estado fraudando eleições…

Nas urnas brasileiras é difícil de usar porque são mais de 550.000 equipamentos operando simultaneamente e para controlar uma a uma via web por rede elétrica é uma tarefa hercúlea, extremamente difícil, mas não impossível, e por isso, não adianta o iLUministro barroso (o minúsculo e desprezível) jurar de pezinho junto que as urnas não são vulneráveis por não serem ligadas na rede de internet telefônica, de fibra ótica ou ainda via satélite que o argumento “não cola”.

Saiba mais sobre internet via rede elétrica aqui

Trecho editado da “live” do CristalVox. Assista à transmissão integral aqui

[Voltar]

Hits: 4