Confissões supremas e inequívocas

Ao chantagear a banda podre do Legislativo impedindo a criação de alguma forma de auditora do sistema de votação, exigência do povo que trabalha, paga impostos e sustenta esta Republiqueta Bananeira, o supremo discípulo do charlatão e maníaco sexual João do demônio, digo, de Deus, apenas confirmou e escancarou o que o eleitor suspeitava: o sistema eletrônico de votação é fraudável e os tiranetes megalomaníacos togados que tem seus rabos presos pelo dossiê do guerrilheiro Daniel tentarão fraudar, na marra e sob chantagem, o pleito e eleger o embaixador do inferno na terra Luiz Inácio LULADRÃO da Silva.

O discurso infame do energúmeno e insignificante Fachin, pau mandado fantasiado de ministro, deixou bem claro as intenções da quadrilha que tomou de assalto a mais alta corte do judiciário, transformado-a em uma casa de horrores e tolerancia juridica.

As onze marionetes comunistoides, fantoches de lula (o minúsculo e desprezível) e de de seu capanga e jagunço Zé Dirceu, escreveram seus nomes com fezes nas paredes da latrina da história da humanidade.

Este país dá nojo. Urubu sobrevoa Brasília com uma asa só. Com a outra ele tapa o bico para não ser abatido pelo cheiro da podridão político-judiciária desta sucursal do inferno na terra.

Leia mais:

[Voltar]

Hits: 4